T U T O R A : )

carregando...

Como a produtividade influencia na rentabilidade do negócio?

Aumentar a produtividade é um dos desafios mais comuns entre os empreendedores. Ela reflete diretamente na gestão do negócio e em questões como a lucratividade da empresa e a qualidade do produto ou serviço entregue. 

Para superar este desafio é preciso primeiramente entender o conceito de produtividade e quais são os gargalos encontrados na sua empresa.

Nesse sentido, para ajudá-lo nesta questão, abordamos a seguir o que realmente significa ser produtivo, quais são os sinais de que os seus processos não são eficientes e como isso se relaciona com a gestão da sua empresa. 

Além disso, você também verá alguns indicadores de produtividade que podem ser acompanhados no seu negócio! Continue a leitura!

Produtividade não é estar sempre ocupado

A produtividade é um dos principais indicadores de sucesso no meio empresarial, independentemente do segmento. É uma questão que está sempre presente nas reuniões e definição dos objetivos do negócio.

Entretanto, o entendimento do conceito de produtividade nem sempre está alinhado. É comum pensar que ser produtivo é realizar muitas atividades ao mesmo tempo, estar sempre ocupado e fazer as coisas rapidamente.

De fato, conseguir finalizar suas atividades antes do tempo previsto é algo a se comemorar e que contribui para a continuidade das estratégias da empresa. Mas tentar fazer diferentes coisas ao mesmo tempo pode ter o efeito contrário ao desejado, e prejudicar a sua eficiência. 

Quando tentamos focar em mais de uma atividade, na verdade não dedicamos toda a atenção necessária para cada uma, o que nos leva a obter um resultado inferior, ou ainda, não conseguir finalizar o que foi proposto. 

Além disso, é preciso entender que ser produtivo não é estar sempre ocupado com alguma coisa. A produtividade empresarial significa dedicar esforços para as atividades certas, que gerem resultados e que colaborem para a conquista de objetivos. 

Para gestores, saber escolher onde seu tempo deve ser aplicado é ainda mais importante. O desenvolvimento e análise de estratégias, por exemplo, exige muito mais foco do que uma atividade operacional, portanto, está mais ligado à qualidade do trabalho do que o tempo em que foi executado.

Nesse sentido, a produtividade geral da empresa também é fundamental, pois influencia no crescimento e expansão do negócio no mercado.

Sinais de que os seus processos não são eficientes

Com o conceito de produtividade mais claro em sua mente, é normal que você comece a identificar alguns problemas e falhas em seus processos que indicam a falta de eficiência.

Um dos sinais mais diretos de que os seus processos não são eficientes é o atraso na entrega das atividades. Isso pode acontecer por diversos problemas de gestão, como organização, comunicação, ou mesmo a definição incorreta do prazo.

Outro sinal que deve despertar sua atenção é a perda constante de oportunidades de negócio, o que impacta diretamente no setor financeiro. 

Também é essencial estar atento à sua equipe. Se os colaboradores parecem estressados ou desmotivados, procure saber o que está acontecendo e se algum processo de gestão tem influência nisso.

Por fim, sentir falta de uma visão mais ampla e estratégica do negócio também é um sinal de baixa eficiência. Isso porque, sem uma organização clara e com diversos problemas surgindo a todo momento, é mais difícil concentrar os seus esforços na gestão, criando uma sensação de não saber por onde começar. 

Como você pode ver, a qualidade da sua gestão está diretamente ligada à produtividade. Continue a leitura para entender melhor como estes dois fatores se relacionam!

Como a produtividade se relaciona com a gestão do seu negócio

Como a produtividade se relaciona com a gestão do seu negócio

A produtividade está ligada ao crescimento e lucratividade de uma empresa, indicadores que também dependem de uma boa gestão. Com eficiência, sua empresa garante a qualidade do que vende, e ainda consegue mais escala no mercado.

Podemos dizer que uma empresa é eficiente quando consegue entregar em menos tempo, ou dentro do prazo, um serviço ou produto de maior qualidade. Mas este bom desempenho só é alcançado com processos bem estruturados, que devem ser constantemente analisados e monitorados pelo gestor do negócio e os líderes de cada setor.

Analisar os indicadores de produtividade permite que o gestor conheça as falhas do negócio e desenvolva estratégias para solucioná-las. 

Além disso, a análise também possibilita entender os diferenciais da empresa e explorá-los de maneira comercial. Por exemplo, se a sua empresa possui a entrega mais rápida da região, pois conta com um fornecedor local, este fator deve ser utilizado como destaque na hora de fechar propostas comerciais.

Mas quais indicadores analisar? Confira a seguir!

Indicadores de rentabilidade

Os indicadores de produtividade podem ser considerados também como indicadores de desempenho, ou KPIs (Key Performance Indicator). Para que eles façam sentido para a sua gestão, devem estar alinhados aos objetivos da empresa. 

A definição destes indicadores precisa considerar os processos de cada setor da empresa, sendo possível estabelecer métricas gerais e segmentadas conforme a atividade.

Ao obter resultados acima das metas, o gestor consegue entender que o processo analisado é eficiente e positivo para a empresa. Já ao se deparar com resultados negativos, é fundamental rever os processos para compreender onde estão as falhas e o que é necessário adequar.

Confira alguns indicadores que podem ser acompanhados na sua gestão:

  • Lucratividade do negócio
  • Taxa de Churn, que indica o índice de cancelamento de clientes
  • Indicador de capacidade, ou seja, o limite de desempenho que sua empresa consegue alcançar com os recursos que possui
  • Entregas feitas ou atividades finalizadas sem atraso
  • Indicador de qualidade, que comprova se o produto ou serviço é entregue dentro do padrão desejado pela empresa.

E então, quais são os desafios relacionados à produtividade e gestão que você enfrenta em seu negócio? Se ficou com alguma dúvida sobre o assunto entre em contato conosco!

Agora, se você quer saber como podemos ajudá-lo, clique abaixo e agende uma mentoria gratuita de 30 minutos!

Artigos relacionados

Posts recentes

7 dicas para organizar os estudos e se sair bem na faculdade!
Você sabe como a mentoria da Tutora pode te ajudar no processo de recolocação profissional
É possível encontrar um novo trabalho com cargo compatível à experiência na área?