T U T O R A : )

carregando...

5 dicas essenciais para o crescimento da startup!

O que você coloca em prática para promover o crescimento da sua startup? 

Desenvolver um negócio escalável é um grande desafio, mas alguns fatores podem acelerar este crescimento, como o planejamento e a gestão eficiente.

Nesse sentido, reunimos 5 dicas essenciais para quem está em busca de crescimento da startup. Você verá como definir o seu modelo de negócio, validar sua ideia, atrair investidores e mais! Confira!

1 Monte um modelo de negócios para planejar o crescimento da startup

O crescimento da startup é influenciado diretamente pelo planejamento realizado a médio e longo prazo, bem como pelas definições de metas e objetivos. 

Por isso, montar um modelo de negócios para a sua startup é uma ótima maneira de entrar no mercado mais preparado e estável, ou para as empresas que já iniciaram sua atuação, se destacar entre os concorrentes. 

Como empreendedor, você provavelmente já conhece o conceito de plano de negócio, um documento que estabelece projeções de custos, estratégias e metas da empresa. Entretanto, apesar de ser um termo similar, o modelo de negócio apresenta algumas diferenças. 

O objetivo é definir não apenas a solução que sua startup irá vender, mas também responder a questões sobre como o produto ou serviço é feito, quais os diferenciais da sua solução e porque ela é importante, quem é o seu cliente, e como este negócio pode gerar receita. 

Conforme o Sebrae, os planos de negócio são mais adequados às empresas tradicionais ou já consolidadas, que não possuem uma busca constante por inovação como as startups: “dinâmico por natureza, como as startups, o modelo de negócios deve estar em constante transformação, sempre em busca de validação.”

Ao definir o seu modelo de negócio, é importante promover a escalabilidade, ou seja, entender como é possível aumentar a produção sem expandir os custos na mesma proporção, e ainda, garantir a qualidade da entrega. 

Contar com esta estrutura coloca a sua startup à frente no mercado, garantindo mais chances de atrair investidores. 

2 Faça a validação do seu Mínimo Produto Viável (MVP) e considere todos os feedbacks

Faça a validação do seu Mínimo Produto Viável (MVP) e considere todos os feedbacks

Startups trabalham com ideias inovadoras e, em grande parte, com produtos ou serviços que o mercado ainda não conhece. Portanto, validar estas ideias é fundamental para acelerar sua startup. 

O desenvolvimento do MVP e sua validação é algo comum neste meio, mas o que é feito após a coleta de feedbacks é o que difere as startups de sucesso e que possuem um crescimento exponencial. 

Considere todas as informações que podem surgir após a validação. Além de entender o que gera interesse nos seus clientes e se eles gostaram da sua solução, é preciso analisar se a proposta do modelo de negócio ficou realmente clara, o que poderia fazer com que o cliente não compre seu produto e se ele estaria disposto a continuar consumindo, por exemplo. 

Outro ponto que deve ser avaliado é a experiência, positiva ou negativa, que a sua empresa gera para o público. Sua startup entregou valor e se mostrou importante, conforme o que foi planejado no modelo de negócio?

Nesta etapa, é necessário estar preparado para fazer alterações no seu planejamento, e até mesmo, desenvolver um novo modelo de negócio. 

Por isso, uma habilidade que não pode faltar para o crescimento da startup é a velocidade. Nesse sentido, continue a leitura e entenda como tornar a gestão do seu negócio mais eficiente!

3 Busque tornar sua gestão mais eficiente

Promover uma gestão eficiente contribui para o crescimento da startup, pois facilita a adequação do negócio conforme as necessidades do mercado e novos objetivos identificados. 

Diversas ferramentas e ações podem colaborar para isso. Um bom exemplo é o mapeamento de todos os processos necessários para o funcionamento do negócio. Assim, é possível eliminar atividades que consomem muito tempo, mas não fazem diferença para a construção de valor, e investir mais recursos em seus pontos de melhoria.

Também é essencial que a gestão da startup envolva não apenas a definição de metas, como também a análise contínua dos resultados. Com isso, fica mais fácil encontrar falhas e otimizar os processos para eliminá-las. 

4 Tenha um bom pitch para apresentar a possíveis investidores

Atrair investidores está entre os principais objetivos das startups, mas a competitividade do mercado faz disso uma tarefa complicada. Como conquistar a atenção de um investidor quando novas soluções e ideias surgem a todo momento?

Elaborar um bom pitch, ou seja, sua apresentação comercial, pode ser o fator decisivo para sua startup atingir parceiros em potencial.

A Endeavor apresenta 3 elementos fundamentais para uma boa apresentação para investidores: o próprio pitch, um Sumário Executivo e a apresentação do modelo de negócio. 

Para o pitch, é preciso vender a sua ideia de maneira clara e objetiva, destacando os pontos que mais chamam a atenção de possíveis investidores, além de mostrar como o seu negócio se diferencia no mercado e qual necessidade atende. 

Já o Sumário Executivo é um documento que apresenta as informações básicas da sua startup, utilizado como um material complementar ao pitch.

Por fim, para a apresentação do modelo de negócio, a Endeavor recomenda abordar os seguintes tópicos:

  • Sua proposta de valor, com a descrição do problema do seu cliente e como sua solução resolve este problema
  • Segmento de mercado
  • Estrutura da cadeia de valor, ou seja, qual a posição da sua startup dentro do segmento que está inserida e como será possível captar parte do valor criado
  • Geração de receitas e margens, definindo como sua receita é gerada, quais os custos envolvidos e suas margens de lucro
  • Posição na rede de valor, que é basicamente a identificação de concorrentes, parceiros e outros elementos que podem oferecer mais valor para o cliente
  • Estratégia competitiva, que mostra como sua startup pode obter vantagens competitivas de maneira sustentável. 

5 O networking com as pessoas certas é fundamental

Por fim, o crescimento da startup também é influenciado pelo networking realizado por você, seus parceiros e sócios. Se manter em um ambiente de inovação constante exige atualização e busca por conhecimento. 

Mas para que isso seja feito de maneira eficiente, é preciso se relacionar com as pessoas certas, que podem fazer diferença para o crescimento do seu negócio. 

Busque o apoio de pessoas que já estão inseridas neste mercado, que possuem experiência com startups e validação de negócios, e que estejam dispostas a compartilhar aprendizados com você.

Esta prática contribui para encurtar caminhos para a aceleração do negócio, principalmente se você obtém ajuda prática para resolver seus desafios. 

Se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco! Agora, se você quer entender como uma gestão eficiente é essencial para a escalabilidade da startup, clique abaixo e faça o download gratuito do e-book que elaboramos sobre o assunto!

Artigos relacionados

Posts recentes

Employer branding: saiba o que é e como ele pode ser aplicado pelo RH
7 boas práticas para otimizar o processo de recrutamento e seleção!
Como uma mentoria pode ajudar a trazer escalabilidade para sua startup